Buscar

No Dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, Inclusive Luísa lançou podcast

Conversar com pessoas que se abriram à inclusão e à diversidade é o mote do podcast Inclusive Luísa, realizado pelo projeto homônimo da AIC- Agência de Iniciativas Cidadãs. A estreia nas principais plataformas digitais aconteceu no dia 21 de setembro, em celebração do Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. A partir desta data, os oito episódios da primeira temporada vão ao ar semanalmente, às terças-feiras. O conteúdo pode ser acessado em: anchor.fm/inclusive-luisa.





Quem está à frente da iniciativa é Luísa Camargos, integrante da equipe da AIC e primeira pessoa com Síndrome de Down a se formar em Relações Públicas no país. No primeiro episódio do podcast, Luísa conta sobre sua trajetória, que contraria as recentes declarações discriminatórias do Ministro da Educação Milton Ribeiro contra a presença de estudantes com deficiência no ensino regular. Como mostram a história de Luísa e tantas outras, a abertura efetiva das mais variadas instituições à inclusão só tem a contribuir com uma sociedade mais justa e plural.


Nos episódios seguintes, Luísa é quem assume o papel de entrevistadora. Entre as pessoas convidadas, estão profissionais da pedagogia, psicopegadogia, militantes pela sociedade inclusiva e nomes como Izabela Campos, atleta paralímpica de lançamento de disco que integrou o Comitê Paralímpico Brasileiro em Tóquio, e Alex Duarte, diretor do filme e projeto Cromossomo 21. A ideia é reunir diferentes vozes e perspectivas em torno da defesa dos direitos das pessoas com deficiência, dando visibilidade à luta contra a discriminação e a segregação.


O lançamento do podcast se dá em um intenso momento de luta contra ameaças que dizem respeito à inclusão. É o caso do Decreto 10.502 do Governo Federal, que quer segregar crianças e adolescentes com deficiência em turmas e instituições separadas das demais pessoas. Visto como um imenso retrocesso nas conquistas das pessoas com deficiência, o decreto está em análise no Supremo Tribunal Federal.





Nesse cenário, iniciativas como o Inclusive Luísa são um alento no enfrentamento ao capacitismo (saiba mais sobre o conceito no box abaixo). É o que conta Mariana Rosa, uma das entrevistadas do programa: “A importância do podcast pra luta das pessoas com deficiência é dar visibilidade às pautas que são essenciais para nós e para a sociedade de uma maneira geral. Ainda mais porque esse lugar de visibilidade vem também junto com o protagonismo da Luísa, sua voz, seu corpo e seu modo de ser”. Mariana é uma mulher com deficiência, jornalista, educadora, militante e mãe da Alice, que tem paralisia cerebral.

O que é capacitismo?


Capacitismo é uma estrutura discriminatória que atribui valor às pessoas segundo seu encaixe – ou não – em um padrão corporal específico. Para a hierarquia vigente, os corpos que não atendem a um determinado conjunto de capacidades físicas, sensoriais, mentais e intelectuais são considerados inferiores ou falhos.

A luta anticapacitista atua para reverter este quadro, promovendo o ideal da sociedade inclusiva, cuja base é o reconhecimento da diversidade humana. Esse paradigma defende que é necessário assegurar dignidade, direitos e condições de acesso variadas às mais diversas pessoas.

Podcast Inclusive Luísa


Lançamento: dia 21 de setembro de 2021

Disponível nas principais plataformas digitais: anchor.fm/inclusive-luisa

Realização: AIC - Agência de Iniciativas Cidadãs


Lista de episódios - 1ª temporada


21/09 - Apresentação Luísa Camargos


28/09 - Mariana Rosa (mulher com deficiência - baixa visão -, jornalista, mãe da Alice – paralisia cerebral -, educadora e militante)


05/10 - Alex Duarte (escritor e cineasta) 12/10 - Fernanda (pedagoga, analista de processos educacionais na FIEMG e doutoranda emEducação pela PUC-Minas)


19/10 - Izabela Campos – parte 1 (paratleta PcD_visual)


26/10 - Izabela Campos – parte 2 (bônus histórico atleta)


02/11 - Wilson Mingote (professor da Faculdade Pitágoras e tio de uma criança com deficiência) 09/11 - Neusa Loureiro (psicopedagoga da Luísa - in memoriam)